• Bruno Costa

Como ser Criativo?




Antes de mais nada, vamos entender o que é criatividade. Após uma breve busca no dicionário, descobrimos que a palavra provém do latim creare (criar), que consiste no potencial de criação, produção ou invenção de coisas novas, também é visto como inventividade ou originalidade. Podemos, então, dizer que a criatividade é um traço característico do ser humano. Lembrando que ela não está atrelada somente em quem cria algo novo e pode ser expressada ao dar uma nova funcionalidade ou interpretação para algo já existente (inovação).


Muitas pessoas acreditam que não são criativas. A criatividade, porém, vai além do produzir algo físico. Ela está presente nos mais diversos momentos do nosso dia a dia, seja nos nossos devaneios, ao adaptar nossas receitas favoritas ou ao improvisar as letras das músicas que gostamos. Uma das suas aplicações mais conhecidas se dá em momentos de dificuldade ou por falta de recursos como o tal do “jeitinho”, ou seja, atribuímos um valor diferente a algo que já existe. Mas, mesmo sendo uma característica intrínseca nossa, essa habilidade ainda precisa ser desenvolvida e praticada com frequência para que nos tornemos pessoas criativas.


Conheça o seu Seu Guerzone Sebastião Lopes, aposentado e morador da zona rural de Cachoeira de Minas Gerais que para trazer energia para dentro de casa, que até então era exclusiva para as cidades, criou um gerador movido à água em meados da década de 80. Ele colocou a criatividade em prática ao encontrar uma solução para o problema que ele havia encontrado (a falta de energia elétrica).




TIPOS CRIATIVOS


Existem diversos autores falando sobre os diferentes tipos de pessoas criativas, mas vou mostrar para vocês o teste “Creative Types” (Tipos Criativos) desenvolvido pela Adobe Create. Os perfis criativos foram escritos por Carolyn Gregoire, escritora e especialista em psicologia, com base em sua experiência e estudos na área. O teste conta com uma estética interessante, experiências sensoriais atrativas e apresenta oito perfis criativos, que são os seguintes:


  1. The Artist - O Artista Os artistas têm a necessidade de criar para se sentirem vivos. São pessoas cheias de ideias e visões, que são motivadas pelo desejo da autoexpressão e de transformar o mundo ao seu redor.

  2. The Thinker - O Pensador Para os pensadores é muito importante examinar a vida. Eles estão em um processo constante de aprendizado e descobertas. Capazes de enxergar o todo e encontrar significados profundos para as mais diversas situações.

  3. The Adventurer - O Aventureiro Os aventureiros são espíritos criativos apaixonados, expressivos e com vários talentos. Não se satisfazem em simplesmente ter uma ideia, eles têm uma necessidade compulsiva de agir sobre ela.

  4. The Maker - O Criador Os criadores dominaram a arte de dar vida às suas ideias e visões. Eles desenvolvem sistemas, estruturas e ferramentas que beneficiam a todos. Existem poucas coisas que lhes trazem satisfação do que pôr a sua capacidade intelectual em uso.

  5. The Producer - O produtor Os produtores são analíticos, pragmáticos e dinâmicos. Sua natureza altamente equilibrada por um realismo é fundamentada pela atitude de fazer acontecer. Aos seus olhos, uma ideia só tem valor quando é transformada em algo que outras pessoas podem aproveitar e se beneficiar.

  6. The Dreamer - O Sonhador Os sonhadores percebem o mundo como um lugar de beleza e magia. Onde outros vêem fatos e números, eles vêem símbolos, metáforas e significados ocultos. São profundamente emocionais, emotivos e intuitivos, com uma imaginação vívida.

  7. The Innovator - O Inovador Os inovadores vêem tudo sob as lentes de possibilidade e progresso, problemas e soluções. Estão sempre focados no mundo ao redor e analisando suas estruturas e sistemas para encontrar maneiras de impulsionar as coisas.

  8. The Visionary - O Visionário Os visionários vivem em um mundo de infinitas possibilidades, preferindo ver as coisas não como elas são, mas como poderiam ser. São motivados pela paixão e cheios de ideias, os visionários combinam uma imaginação vívida com o desejo de soluções práticas.


COMO SER CRIATIVO?


Como já foi dito anteriormente, a criatividade é uma habilidade que é aprimorável e existe um conjunto de atitudes que nos ajudam a lapidá-la.


  1. Não tenha medo de errar O erro é uma das etapas mais importantes para o processo criativo, pois ele traz a possibilidade de encontrar novos caminhos. Já dizia o dramaturgo irlandês Samuel Beckett, “Tente, fracasse. Tente outra vez, erre de novo, mas erre melhor”;

  2. Desafie a sua mente Consuma conteúdos diferentes dos quais você está acostumado, converse com pessoas com opiniões diferentes das suas. Em outras palavras, fuja da sua zona de conforto e explore as possibilidades;

  3. Anote suas ideias Pode ser que você não tenha tempo para pô-las em prática logo quando elas surgirem, ao anotar você garante que elas não serão esquecidas;

  4. Busque por referências Ouça música, leia livros (revistas e quadrinhos também valem), veja filmes, vá a exposições, consuma tudo que te traz inspiração. Ter fontes de referência diferentes das corriqueiras ajuda no desenvolvimento de ideias brilhantes;

  5. Crie algo Qualquer coisa mesmo. Escreva, pinte, cozinhe, não precisa ser algo magnífico. Esse passo é fundamental para o hábito criativo. Quanto mais você praticá-la, mais afinidade você terá com ela e com o tempo ela se tornará natural.


Agora que você já sabe o quê é a criatividade e como pô-la em prática, dê início aos seus projetos criativos e não deixe que suas ideias te escapem mais.



#criatividade #inovação #dicas #criatividadeeinovação #criatividadenotrabalho #ladoinovadordamente #arte #criatividadebloqueada #criatividadeconceito

48 visualizações

©2020 por Media Coast.