• Lucas Costa

Cultura do cancelamento: o boicote moderno

Atualizado: Jun 1



O termo "cultura do cancelamento" não é novo, ele foi eleito como o termo do ano de 2019. Mas continua sendo presente e pode gerar medo e apreensão quando estamos lidando com o público. Muitos famosos e empresas já foram “cancelados” pelos internautas por diversos motivos, muitas vezes pautas ideológicas, ofensas, não cumprir com promessas e decepcionar seus fãs e consumidores são erros passíveis de cancelamento.


Mas o que é esse raio de CANCELAMENTO?

Cancelar é o ato de boicotar, deixar de seguir nas redes sociais e deixar de consumir conteúdos e produtos relacionados a alguém ou alguma marca.


Esse fenômeno é causado por um aumento da exposição pública, e pela presença massiva de pessoas no meio online, tudo fica registrado, palavras e ações que poderiam ter durando um instante são armazenados e ficam à disposição do público que verá de novo e de novo.


Tudo o que é dito, feito e publicado ecoam para a eternidade se os dados não perderem a sua validade. Como diz o ditado “O seu passado te condena”, tudo será utilizado contra você e não será esquecido. Deus perdoa, mas internet não perdoa e nem se esquece dos erros cometidos.


Uma prática justa/injusta

Cancelar alguém pode até parecer justo a princípio, satisfaz o nosso desejo de purgar o mundo de qualquer mácula do erro humano, porém essa cultura não favorece o diálogo e nem abre espaço para o aprendizado, uma pessoa cancelada têm a sua imagem manchada por seu próprio equívoco ou erro e por consequência é apagada toda a sua influência e sua presença ao ponto de cair a beira do esquecimento. Esse banimento têm poder de causar impactos emocionais e financeiros levando assim a perda de contratos e trabalhos futuros.


Como a internet faz parte do nosso mecanismo de interação social excluir alguém do nosso ciclo só toma dimensões maiores, assim como era feito antigamente com quem não fazia parte do “clubinho” da escola. Esse suposto “clubinho/grupinho” tomou proporções praticamente globais, então quem não concorda e não age de acordo com a maioria é cortado do ciclo social. Pessoas comuns praticamente escapam do linchamento virtual sem maiores problemas, mas quanto maior a visibilidade e o número de olhos observando maior é o impacto. Para as pessoas que cometem barbáries e estão em evidência, seus erros são exibidos para todos e a cultura do cancelamento entra em vigor removendo o prestígio que lhes era atribuído. O triste é que aqueles que cometem erros bobos estão a mercê do mesmo destino.


Passos para o cancelamento

  • Passo 1: Pessoa ganha fama

  • Passo 2: Se utiliza de alguma pauta/ faz promessas

  • Passo 3: Decepciona seus seguidores/Consumidores

  • Passo 4: Cancelamento (Boicote)



Lidando com essa cultura

Não prevejo uma mudança de mentalidade tão cedo, as pessoas vão utilizar deste método, pois já é parte do cotidiano e apenas foi transferido para a rede mundial de computadores, existe muita infantilidade por trás da cultura do cancelamento, porém muitas pessoas utilizam desse método para denunciar atos ruins cometidos por grandes influenciadores, mas nós do Media Coast buscamos formas de te ajudar a se resguardar para evitar problemas com os consumidores e fãs.


1 - Não é possível agradar a todos

Não é possível agradar a todas as pautas e agendas, nem mesmo atender as necessidades de todo mundo, portanto conhecer o público é fundamental para não falhar com ele. Conhecer de verdade, saber suas necessidades e desejos, entender quais são as demandas e fornecer soluções é um bom começo. Estudar sempre e estar engajado de forma autêntica minimiza a possibilidade de que gafes sejam cometidas.


2 - Todo mundo erra

Não é possível acertar sempre, porém permanecer errando com o seu público demonstra falta de interesse e de respeito, se você errou deve-se ir além de uma singela retratação, lembre-se: atitudes sempre falarão mais alto do que palavras.


3 - Métricas

Se você está lidando com meios digitais, as coisas podem ser um pouco mais simples, os dados disponíveis sobre o interesse no seu conteúdo e produtos estão à sua disposição, comentários, análises, índices de consumo ajudam a estabelecer um norte a ser seguido em relação ao seu público e auxiliam a prever possíveis falhas.


E aí? Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos que têm um negócio e/ou são produtores de conteúdo.


#negócios #cancelamento #cultura #internet


21 visualizações

©2020 por Media Coast.