• Lucas Costa

Liderança saudável

Atualizado: 24 de mar.


Liderar é muito mais do que apenas colocar um time para realizar alguma atividade. A realização da atividade pode até ser o objetivo final, mas todos precisam saber os seus papéis e aonde vão chegar.


Se as pessoas simplesmente obedecem ao líder devido à hierarquia, esse suposto líder é apenas um chefe, pois liderar é muito mais do que dar ordens, liderar é maior que assumir uma posição de comando. O ser humano precisa de muito mais para elaborar um bom trabalho, por essa razão o papel da liderança deve ser o de promover um ambiente amigável e positivo para que a interação das pessoas ocorra sem problemas, levando a uma comunicação eficiente, clara e concisa entre todas as partes envolvidas.


Para Chiavenato (2000), As Teorias sobre Liderança, podem ser classificadas em três grupos:


  • Traços da personalidade. De acordo com essa teria, características de personalidade que um líder possui o qualifica para a função.

  • Estilos de liderança. Para essa teoria, existem quatro estilos de liderança: autocrática, participativa, democrática e liberal.

  • Liderança situacional. Dentro desta teoria, o líder pode assumir diferentes padrões de liderança conforme a situação e maturidade do time.


Para Maximiano (2000, p.337): “Os líderes têm determinados traços de personalidade. No entanto, as pessoas que possuem os mesmos traços não são nem se tornam, necessariamente, líderes. Além disso, até hoje não se conseguiu identificar um conjunto de traços de personalidade comum a todos os líderes.”


Mas listamos aqui alguns estilos de liderança para que você possa se basear daqui pra frente.


Autocrática — Liderança autocrática é aquela onde o “chefe” é o centro de decisões e é bastante centralizador. O subordinado deve se contentar com ordens, com pouco espaço para questionamento ou sugestões. É um estilo que costuma causar insatisfação entre os colaboradores, desmotivando-os e deixando o ambiente mais sensível a conflitos.


Liberal — Diante de uma liderança liberal, as pessoas tendem a atividades mais intensas no início dos trabalhos pela liberdade observada, porém, com o passar do tempo, sem a necessidade de prestar contas, o grupo tende a oferecer baixa produtividade. Embora os subordinados possam estar bem-intencionados, a falta do líder tende a gerar muitas discussões pela ausência de direção.


Participativa — Por definição, a liderança participativa é um estilo de liderança onde as decisões são efetuadas com a participação das pessoas que serão afetadas por elas. Este estilo de liderança centra-se tanto na produção como nas pessoas. O líder deve estimular e contar com a participação dos membros de sua equipe nos processos organizacionais e na tomada de decisões. Para isso, ele assume o papel de orientador, coordenando e apoiando seu time, para que este dê o melhor de si na execução de suas demandas e contribua, efetivamente e, na prática, com o alcance de resultados extraordinários.


Democrática — A liderança democrática encoraja os colaboradores a participarem, incentiva-os a darem sugestões e opiniões. Além disso, o líder democrático será um facilitador dos processos, ajudando a equipe a desenvolver soluções. Ele se preocupa com a execução do trabalho, mas também com a qualidade de vida e satisfação do time.


Transformacional — Liderança transformacional é um estilo de gerenciamento projetado para dar aos liderados espaço para serem criativos. O líder transformacional está interessado em desenvolver tanto o indivíduo quanto a equipe. Eles visam capacitar as pessoas sob sua liderança, de modo que possam atingir seu pleno potencial, melhorar suas habilidades e capacidades e ganhar confiança em seus talentos e valores únicos.


Autêntica — A liderança autêntica enfatiza a construção da legitimidade de um líder através de relações honestas com seus seguidores, onde o líder valoriza as contribuições dos seguidores construídos sobre uma fundação ética. Geralmente, os líderes autênticos são pessoas positivas que promovem abertura. Através da construção de confiança e geração de apoio entusiasta de seus subordinados, os líderes autênticos conseguem melhorar o desempenho individual e da equipe.


Coaching — Leader Coach é o líder que une ferramentas e práticas do Coaching, uma metodologia única e humanista de aceleração de resultados, através do autoconhecimento, desenvolvimento de competências e novas habilidades, no sentido de agregar ao líder atual as qualidades ideais, para que este desempenhe assertivamente seu papel transformador na organização.


Entender o momento certo de assumir um estilo de liderança é vital, porque existem diversas situações em quê o líder deverá tomar decisões que irão oscilar entre um estilo e outro, pois em certos momento o comportamento humano poderá exigir determinada postura, a realidade é imprevisível e pode mudar o rumo dos projetos, as circunstâncias tendem a se tornar adversas em certos momentos, portanto o líder deverá ser sábio para escolher o melhor caminho a ser trilhado e assim alcançar resultados incríveis.

87 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo